Química Industrial

Navegar

Submissões Recentes

Agora exibindo 1 - 5 de 5
  • Item
    Estudo da biodisponibilidade de macro e micronutrientes a partir de subprodutos de micro-organismo fermentadores de melaço
    (IFSP, 2022-12-20) ZANARDI, Beatriz Cabral; LUNA, Leandro da Silva Alves; MANHANI, Maria Raquel
    A agricultura é uma atividade essencial para a produção de alimentos em todo mundo. Com o crescimento populacional, a expansão da produção de alimentos torna-se cada vez mais necessária. Diante desse cenário, o Brasil busca o uso de tecnologias para garantir a produtividade desejada, onde os fertilizantes desempenham papel importante no enriquecimento do solo e no desenvolvimento das plantações. Muitas pesquisas vêm sendo desenvolvidas com o intuito de que a quantidade de nutrientes provenientes dos fertilizantes seja absorvida com maior aproveitamento pelas plantas, diminuindo os baixos percentuais de absorção e acúmulos no solo. Os ácidos orgânicos desempenham importantes funções na relação solo-planta, podendo atuar de forma direta, favorecendo a solubilidade de elementos como fósforo, potássio e zinco, pelo estímulo de atividade microbiana. Este trabalho teve como objetivo avaliar o efeito dos ácidos orgânicos produzidos por Lactobacillus buchneri e Brettanomyces lambicus cultivadas separadametne e em conjunto em soluções de melaço a 10% e a 20% na biodisponibilidade de macro e micronutrientes presentes em fertilizantes. As soluções de melaço a 10% fermentadas apresentaram a melhor resposta em custobenefício e em aumento de biodisponibilidade Os nutrientes para os quais se obteve maior ganho foram o fósforo com aproximadamente 14,5% de conversão e o zinco com 15% de ganho.
  • Item
    Potenciais aplicações de complexos de terras raras em biomarcadores tumorais
    (ifsp, 2022-12-20) FONSECA, Ana Carolina Pinto da; SILVA, Carla Caroline Prado e; DIAS, Milena Oliveira; ASSUNÇÃO, Israel Pereira de
    O câncer mata milhões de pessoas no mundo por ano. A prevenção é o método mais eficiente para assegurar a sua cura, logo, vem crescendo as pesquisas sobre novos métodos para o diagnóstico precoce da doença. O estudo de terras raras em relação ao câncer ressalta as suas propriedades luminescentes através do fenômeno chamado efeito antena, o qual aumenta a intensidade da emissão de luz dos complexos formados com íons das terras raras (TR). Esses elementos são usados em diversos dispositivos do nosso dia-dia e em casos mais voltados para área médica, os marcadores biológicos constituídos por eles irradiam luzes condizente ao elemento e a sua observação vai ser uma indicação positiva para a presença de alguma substância, como células cancerígenas no caso de biomarcadores tumorais. Este trabalho procurou pesquisar na literatura moléculas em potencial para uso como biomarcadores tumorais. Foram encontradas moléculas orgânicas como lactato, quitosana complexada ao ácido fólico ligadas no íons TR3+. Outro tipo de molécula pesquisada e que se mostrou promissora são as nanopartículas para conversão ascendente (UCNPs). Pode, então, concluir que existem moléculas orgânicas que apresentam baixa citotoxicidade e emitem luz diferenciadas em tecidos tumorais, possuindo um alto potencial para uso na detecção e prevenção do câncer.
  • Item
    Aplicação de Metodologia Kaizen na produção industrial de um produto agrícola
    (IFSP, 2023-12-20) SILVA, Kleber Batista da; PEREIRA, Mauro Teixeira; MENDES, Fabricio Bruno
    Com a globalização e a aproximação dos mercados produtores e consumidores, tornou-se cada vez mais necessário produzir com alta qualidade, preços baixos e com o menor tempo possível. Atualmente, uma das estratégias adotadas pelas empresas competitivas e lucrativas é utilizar ferramentas que auxiliem no controle e/ou redução de desperdícios e melhore o processo produtivo. Portanto, o objetivo desse trabalho é reduzir o ciclo produtivo e a variação operacional em uma indústria localizada em Suzano, que fabrica produtos voltados ao mercado Home e Personal Care e agrícola. Nesse contexto, a filosofia Lean Manufacturing, com o auxílio de ferramentas como: mapeamento de processo, fluxograma de processo, diagrama de Ishikawa, 5W2H, ciclo de melhoria contínua (PDCA), SMART e carta de controle, foram excelentes aliados no que diz respeito às melhorias propostas por este trabalho. Dessa forma foi possível mapear, identificar e analisar os problemas existentes, que impactavam no ciclo do produto e na alta variação operacional e propor melhorias, que foram realizadas e analisadas, após a sua implantação. Estas melhorias aplicadas ao processo produtivo, geraram uma redução no ciclo produtivo de 23,5% e um aumento de produtividade de 30,8%, proporcionando uma melhoria relevante para a empresa, sem recorrer a grandes investimentos.
  • Item
    Do laboratório à estação de tratamento: estratégias em função do pH para remoção de cromo hexavalente
    (IFSP, 2023-12-20) Freitas, Eduardo Melo Silva; Pacucone, Lucas Estevão; Maia, Thiago Alexandre Costa; Mendes, Bruno Fabricio
    Este trabalho de conclusão de curso visa buscar alternativas, e/ou melhorias de processos de tratamento efluentes industriais oriundos da indústria galvânica com o foco no tratamento do metal tóxico (Cromo Hexavalente, Cr6+). Diante disso, buscou se investigar a variável pH na redução química do Cromo Hexavalente (Cr6+), onde por sua vez, quantificou-se algumas informações como: custo final de processo, tempo de reação e viabilidade econômica. Em escala laboratorial, separou-se 1 litro de uma amostra contaminada com cromo hexavalente para os ensaios em diferentes regiões de pH para a redução química (2,3,4,5,6,7 e 8), reduziu-se o material com metabissulfito de sódio e após a respectiva reação, realizou-se a etapa de físico químico do material. Para isso, dosou-se agente alcalinizante hidróxido de cálcio 30% e agente coagulante PAC 18, realizando a floculação em pH 10,0 para completa precipitação do cromo trivalente (Cr3+). Os resultados mostraram um melhor aproveitamento cinético e de eficiência no tratamento em regiões de pH próximo à 2,0. No entanto, conforme soube-se o pH, constata-se uma maior dificuldade e aumento no tempo de reação, onde por sua vez, adquiriu-se uma água com maior valores de DQO (demanda química de oxigênio) e aumento significativo nos valores de produto químico consumido, além do aumento do volume de lodo e presença de cor.
  • Item
    Avaliação da atividade antibacteriana da Mikania glomerata em formulação cosmética
    (IFSP, 2023-12-27) COSTA,, Aline Jesus da; SANTOS, , Julie Anne Abdala Elias dos; SILVA, , Vanessa Reis Vargas da; LIMA, , Alexandre Correia de
    O uso de produtos inibidores de odor como os desodorantes e antiperspirantes pela população ocorre a várias gerações, porém, atualmente, se tem uma maior preocupação com as substâncias que compõem esses produtos. Alguns estudos associam essas substâncias a possíveis doenças, como o Alzheimer devido à presença de compostos de alumínio nas formulações. As empresas buscam alternativas a essa problemática com produtos que tenham como princípio ativo compostos naturais que não sejam tóxicos aos seus consumidores, porém os preços elevados os tornam pouco acessíveis. Por isso, este trabalho buscou apresentar uma alternativa viável com o princípio ativo cumarina presente nas folhas da Mikania glomerata, conhecida popularmente como guaco. Para analisar a eficiência deste princípio ativo foram realizados extratos para aplicação em formulações naturais sólidas e líquidas e, então, avaliada sua eficiência, em teste in vitro, contra a bactéria Staphylococcus aureus. Para verificar a eficiência da extração utilizou-se o método da cromatografia em camada delgada. Com os resultados, concluiu-se que é possível aplicar o princípio ativo em uma formulação natural, entretanto, é necessário que outros testes, avaliações e análises quantitativas para determinação da concentração ideal para uma ação antimicrobiana mais eficiente.