Avaliação pós ocupação da percepção da qualidade de vida de moradores de habitações de interesse social acessíveis: estudo de caso no conjunto habitacional Fraternidade I no município de São José do Rio Preto- SP

Resumo

Para a execução de uma obra é necessário prezar pela qualidade do ambiente em que os moradores irão residir. Ao ser bem planejada e realizada, pressupõe-se que terá uma longa vida útil e com poucos transtornos e manutenção. Portanto, a qualidade de vida do morador está amplamente relacionada com a obra e com sua funcionalidade para o mesmo. Quando se trata de habitações acessíveis, a preocupação é maximizada, pois é de extrema importância que haja uma sintonia entre morador e o ambiente em que reside, para que se sinta confortável e integrado.Por essa razão, é necessário que a qualidade de vida do morador seja elevada. O presente estudo pretende avaliar as condições de pós-ocupação e qualidade de vida relacionados à acessibilidade e ao Desenho Universal percebida pelos moradores das unidades habitacionais de interesse social acessíveis construídas em um empreendimento no município de São José do Rio Preto - SP por meio da AvaliaçãoPós Ocupação (APO) e aplicação de questionário do instrumento WHOQOL-Bref.


Descrição
Palavras-chave
Citação