Extensão e diversidade étnico-racial no ifsp: caminhos para construção de uma educação antirracista

Data
2018-12-06
Título da Revista
ISSN da Revista
Título de Volume
Editor
UNICAMP

Resumo

O racismo estrutural e seu desdobramento institucional no espaço educativo é um dos mais graves problemas sociais que desafia a política pública de promoção da igualdade racial no Brasil. Apesar da implementação de uma política de ações afirmativas que vem garantindo o acesso dos estudantes negros e negras nos institutos federais e nas universidades públicas, estas instituições de ensino ainda não conseguiram consolidar uma educação antirracista. A presente pesquisa, de cunho qualitativo, objetivou analisar, portanto, a implementação da política de promoção da diversidade étnico-racial no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP), a partir da dimensão extensionista. O trabalho baseou-se no conhecimento acumulado em relação ao ciclo de formação das políticas públicas, ancorou-se na psicologia social, bem como respaldou-se por um leque de pesquisas desenvolvidas por negros e negras que redimensionaram os estudos sobre raça e racismo no Brasil. Como instrumentos de coleta de dados utilizou-se entrevista semiestruturada, questionário fechado e análise documental. Envolveram-se diretamente neste estudo 11 servidores da Pró-Reitoria de Extensão e as coordenadorias de extensão de 28 campi do IFSP. Assim, foi possível compreender os caminhos traçados para a ampliação das ações de extensão com perspectiva na diversidade étnico-racial no IFSP, bem como desvelar as barreiras institucionais que impedem a efetiva difusão das referidas ações que viabilizam a construção e compartilhamento de conhecimentos acerca da história e cultura africana, afro-brasileira e indígena, condição indispensável a efetivação plena da política em questão na instituição.


Descrição
Palavras-chave
Citação